terça-feira, 12 de junho de 2012

O que é e para que serve a religião segundo Olavo de Carvalho

Por Carlos Chagas

Para aqueles que dizem que filósofos não acreditam em Deus e na religião assistam a esse vídeo, ficando claro aqui que Olavo de Carvalho não acredita na religião como a massa acredita. Entretanto o vídeo é por demais interessante (aqui, apenas um trecho):



Para maiores informações sobre o que seja religião leia minha monografia. Para baixá-la gratuitamente clique aqui.

2 comentários:

  1. Olá meus queridos irmãos, Graça e Paz.
    Parabéns pelo blog muinto edificante. Como sempre tenho dito; crescemos quando lemos, quando compartilhamos e que aprendemos. Aprendendo uns com os
    outros crescemos na graça e conhecimento.
    Aproveito a oportunidade para compartilhar também o nosso blog. Notícias, Eventos, Músicas, reflexões e tudo que move o meio gospel.
    Ficaremos felizes por vossa visita e mais ainda se nos seguir-nos.
    Deus continue lhe abençoando Ricamente
    Josiel Dias
    Mensagem Edificante para alma
    http://josiel-dias.blogspot.com.br
    Rio de Janeiro

    ResponderExcluir
  2. Transcrevendo o vídeo:

    “... bom, nós vamos abolir a moral judaico cristã e agora nós vamos ou inventar outra, ou ficar sem nenhuma, ou nós vamos nos guiar pelas tendências de mercado, ou nos guiar pelos ideais socialistas,etc. Eu digo: ‘Você tá é muito louco! Essas coisas não se fazem assim.‘ Em primeiro lugar a pessoa não tem idéia do que é uma religião. Acredita que uma religião é um negócio de fé. Fé não é uma religião. Fé é uma doutrina, na qual você acredita sem ter razões para acreditar. Todo mundo acha que religião é isso, até quem acredita na religião acredita assim. E nenhuma religião é isso. Entre o surgimento do cristianismo e a formulação da doutrina cristã passaram-se alguns séculos. O cristianismo não aparece como uma forma de doutrina. Aparece dentre uma série de acontecimentos, com um impacto formidável, que só muito gradativamente as pessoas dão a esta uma expressão doutrinal. Ou você consegue vivenciar e imaginar esses acontecimentos, para que você, de algum modo consiga penetrar na atmosfera originária daquela religião ou você jamais vai saber o que é uma religião. Você se pergunta: ‘O que é o Judaísmo? É um conjunto de crenças?’ Eu digo: ‘Não! É a história real de um povo judeu, ao longo dos milênios ... preservada pela memória coletiva’. Ou você consegue conceber isso ou você nunca vai saber o que é judaísmo. Agora todo mundo discute religião acreditando que é um formulário de crenças prontinhas no qual ou você acredita ou não. Que estupidez é essa? As religiões são o único elemento criador de civilizações. Não tem outro, não existiu e nem vai existir. Se as pessoas acham que podem inventar uma civilização em laboratórios elas vão produzir monstros. E ora, se você pensar, a 200 anos nós temos feito isto! Nós temos inventado sociedades que são monstros. A sociedade maravilhosa. A sociedade liberal da Revolução Francesa... ah nós vamos libertar a humanidade da opressão. Assim você, em três meses, mata mais gente do que a inquisição espanhola havia matado em quatro séculos! A se diz: ‘Não. Isso aí ta tudo errado. Nós temos que inventar outra. Vamos fazer o socialista porque esses caras eram burgueses vendidos.’ E chego o Socialismo e mata mil vezes mais gente. E aí aparece um que diz: ‘Não! O Socialismo tá errado. Fizeram o Socialismo Internacional quando se tem de fazer o nacional.’ Aí vem o nazismo e mata mais ainda! Mas quando é vai parar com esse negócio? Essa história de que você pode inventar o mundo... isto tem que parar. Qualquer sujeito dizendo que tem aqui a melhor proposta do mundo... eu já me escondo debaixo da cama.”

    CARVALHO, Olavo de

    ResponderExcluir

Não esqueça de comentar esta postagem. Sua opinião é muito importante!